Nirá (Alho Japonês)

  • Nome Científico: Allium tuberosum
  • Família: Alliaceae
  • Características Morfológicas: Suas folhas são verdes, cilíndricas e ocas, e devem ser colhidas antes da abertura das flores (brancas e em forma de estrela, chamada de hana nirá).
  • Origem: Ásia.
  • O gênero desta planta é Allium, o mesmo ao qual pertencem o alho-comum e a cebola.
  •  A sua multiplicação é feita por semeadura, duas vezes ao ano: no outuno e na primavera.
  • O nirá deve ser consumido, de preferência, in natura.
  • Para guardá-lo por mais tempo, a indicação é congelá-lo (ao invés de deixá-lo secar).
  • Esta planta, conhecida como alho-japonês ou cebolinha-japonesa, possui talos fortes e longos, de um verde intenso e sabor agradável e suave.
  • Em função dessas características, a sua utilização na culinária é ampla, sobretudo na cozinha japonesa (inclusive para decorar alguns pratos).
  • Suas folhas bem picadinhas, por exemplo, servem para temperar saladas e molhos.
  • Curiosamente os dois nomes populares que o nirá possui têm a ver com o seu sabor: de cebolinha e alho, só que mais sutil.
  • Seus talos, com cerca de 10 centímetros, são ricos em vitaminas A e C, além de outra série de minerais como potássio, cálcio, fósforo, sódio, ferro, zinco, entre outros.

Fonte: http://eptv.globo.com

11 ideias sobre “Nirá (Alho Japonês)

  1. Ganhei algumas mudas que disseram ser nirá, só que o contrário da mostrada aqui, suas folhas são chatas, o aroma acho que é o mesmo, mas as flores são violeta e não são na ponta da folha.
    È muito saborosa!
    O que eu tenho é nirá?
    Obrigada!

    • Eulane, vc está certa!!! ass folhas são chatas sim!!! o talo das flores q é cilindrico. Vc pode ver na foto no texto q há no centro um botão floral sustentado pelo talo q é cilíndrico e várias folhas em volta. ok

  2. Eu acredito que não. Um amigo Chinês me falou que o tipo certo precisa ser da flor branca. Talvez as suas mudas são o verdadeiro nirá e o meu seja outro tipo.

  3. Uso muito o nirá em saladas e também nos peixes. Coloco no salmão,atum, linguado e sardinha junto com alho-poró so sei fica uma delícia.

    • Olá Branca,
      Obrigado pelas dicas de utilização do Nirá
      Continue vistiando e divulgando meu blog
      Abraços
      Jerônimo

  4. Gostaria de saber como fazer conserva de Nirá, comprei de uma japonesa uma conserva de nirá com uma pimenta acho que chinesa e um tipo de alga, era muito bom, agora comprei o nirá inatura e quero fazer eu mesmo a conserva e gostaria de saber a forma correta de fazer.

    • Olá Roberto,
      Obrigado por ter acessado meu blog.
      Estive pesquisando sobre a conserva de nirá e não encontrei nada que pudesse te ajudar.
      Publiquei 3 receitas com o Nirá.
      Você pode fazer um molho de Nirá com azeite, sal, vinagre e pimenta de cheiro (assim pode ficar como um vinagrete)
      Espero que tenha sucesso.
      Continue visitando e divulgando meu blog.
      Abraços
      Jerônimo

  5. ´Tenho o verdadeiro nira da flôr branca,e ótima qualidade,colhidas toda semana,entrego no Rio de janeiro, preço R$ 13,00 Kg,tenho tambem gengibre,tipo exportação de ótima origem e qualidade,vendo caixa com 14Kg R$ 45,00 a caixa. (22) 7834-0489 ID 400*10-54.

  6. Sou descendente japoneses (o nome parece de português, mas não é) e o que aprendi como nirá e é atualmente vendido por japoneses em feiras e lojas não tem folha cilíndrica nem oca. As folhas são chatas, como as do capim-cidreira em miniatura. Na verdade, nunca o vi florido. Pode ser servido de várias maneiras. É tradicionalmente utilizado para resolver problemas digestivos, refogado, ou misturado em papas de arroz.
    Uma vez vi em um horti-frutti um vegetal com folhas cilíndricas e ocas anunciado como nirá, mas não o comprei, por não conhecê-lo..

Deixe uma resposta